segunda-feira, 11 de maio de 2009

O verdadeiro nome que foi esquecido


“Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou o vento nos seus punhos? Quem amarrou as águas na sua roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome e qual é o nome de seu filho, se é que sabes?” Provérbio 30.4

“Mas a hora vem, e é agora, em que os verdadeiros adoradores adorarão o pai em espírito e em verdade; porque o pai procura tais que assim o adorem” Yahunam (João) 4. 23

Irmãos amados: - O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações e que agora foi manifestado aos seus verdadeiros adoradores Colossenses 1. 26.

Portanto irmão não se enganem com as variedades dos nomes, pois foi colocado o nome de vários ídolos em lugar do verdadeiro.

“não que sejamos capazes por nós de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem do nosso criador, o qual nos fez também ministros dum novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica” II coríntios 3. 5, 6.

“certamente o criador não fará coisa alguma, sem revelar o seu segredo aos seus servos” amos 3.7

“chama a mim e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes”

(Jeremias 33.3)

Diz o criador: - eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome. Apocalipse 3. 8

“quem tem ouvido ouça o que o espírito diz ao seu povo” apocalipse 3.22

O nome sagrado como era, é e sempre será.




Amados irmãos o que vamos aprender hoje é sobre o nome dado a Moises: se observarmos Exodo 3. 14, 15 esta escrito:
Eu Sou O Que Sou esse é o meu nome ETERNAMENTE e esse é o meu memorial de geração em geração.
O nome dado a moshe chamado Moises e escrito no tetragrama sagrado é:
Meus irmãos alguns dizem ser esse nome impronunciável, como pode ser? Se em Atos 2. 21 esta escrito:
“E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do criador será salvo”

Se não pudéssemos invocar seu sagrado nome por essa palavra estaríamos todos condenados, foi por isso que deu a conhecer seu nome a moshe, para que ele pudesse libertar não apenas seu corpo, mas também a sua alma da morte eterna. Se seu nome é a porta que conduz a salvação como conhecê-lo?


Os pergaminhos que hoje são chamados de bíblia já foram muitas vezes alterados pelas traduções, vejamos o que a revista “super Interessante edição 259 dezembro de 2008 da editora Abril nos revela acerca das primeiras traduções”

Foto 1º pagina revista, pagina 64 e 65


 
intitulada “quem escreveu a bíblia” a primeira bíblia que se tem noticia é chamada de tanach que esta escrita em hebraico datada de 5 séculos antes do mestre, depois vem a septuaginta feita no idioma grego 3 séculos depois do salvador em seguida a católica em latim no século 4, através dessas traduções houve muitas alterações na palavra por conseqüência de quem as traduziu, uma prova disso são os nomes nome El, BEL, ABEL, BABEL, a que vamos nos referir mais adiante.
A segunda versão da bíblia foi traduzida a mando de Alexandre o grande para ficar na sua biblioteca em Alexandria, mas como queriam adaptar sua historia a realidade helênica observaram que o criador tinha um filho com uma mortal e daí surgirá um semideus, essa historia era muito parecida com a mitologia grega pois, ZEUS marido de ERA teve um filho fora do casamento com uma mortal e desse relacionamento nasceu HERCULES. Assim sendo decidiram adaptar a historia a sua realidade e helenizaram a palavra mudando o nome original do salvador para um nome mais próximo a sua realidade e não por coincidência o nome JESUS é GREGO. Observem no anagrama a singularidade desse e outros nomes com os helênicos.
Se apenas excluirmos a letra “S” do nome Jesus aparece o maior DEUS Grego romano e a origem da palavra DEUS também aparece, pois, DEUS vem do latim TEUS que vem do GREGO ZEUS



Mostremos a raiz do nome de DEUS tanto em português como em Inglês:



A Raiz etimológica de DEUS é evidentemente pagã e termina no nome de ZEUS, já em inglês existem duas vertentes que consigo ver o nome GOD de traz para frente é DOG que é cão ou cachorro em inglês, como pode um titulo considerado por muitos sagrada ter virado cão somente mudando a ordem e revelando quem a pessoa muitas vezes sem saber esta adorando. A outra vertente é a origem do nome GOD que é GOT quem vem de gulat o golgota que significa caveira inclusive o nome onde nosso salvador morreu tinha esse nome de morte e existe ainda uma seita chamada de gótica que é oriunda desse nome porque os participantes são adeptos a adoração de mortos, frequentam cemitérios etc…


O video completo esta em: http://www.youtube.com/watch?v=2DIxbJPVLrs


links que comprovam vídeo acima: http://pt.wikipedia.org/wiki/Io_(mitologia)http://pt.wikipedia.org/wiki/Esus.
Nesta pagina esta escrito que o nome "JESUS" veio do paganismo.

O reapresentador druídico do século 18 Iolo Morgannwg "identificou Esus com Jesus" pela força da semelhança de seus nomes. Também ligou ambos a Hu Gadarn, escrevendo:
Ambos Hu e HUON foram sem dúvida originalmente idênticos a HEUS de Lactantius e a HESUS de Lucano, descritos como deuses dos gauleses. A semelhança do último nome para IESU [galês: Jesus] é óbvia e admirável.






Para conhecermos o filho primeiro temos que entender o nome do seu pai, pois o filho recebeu o nome de seu pai.


Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra” “E eu já não estou mais no mundo; mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda, em teu nome, aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.”” E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.”
João 17. 6, 11 e 26


“O mestre disse: Eu vim em nome de meu Pai e não me aceitareis, se outro vier em seu próprio nome a esse aceitareis”
João 5. 43


QUAL É O NOME DO PAI?


Um anjo apareceu e a luz raiou na vida de Moises, pois ele saberia o nome que o libertaria da escravidão
“EU SOU O QUE SOU esse é o meu nome eternamente de geração em geração” (êxodo 3. 2, 14, 15).
Mas como saber as palavras que foram pronunciadas pela boca do anjo na sua linguagem original?


O que diz a palavra?


E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”
II crônica 7. 14


“Ó Criador, ouve; ó Criador, perdoa; ó Criador, atende-nos e opera sem tardar; por amor de ti mesmo, ó Eterno meu; porque a tua cidade e o teu povo se chamam pelo teu nome”
Daniel 9. 19


“A tua cidade e o teu povo chamam-se pelo teu nome”


Esses é um dos fundamentos do templo


Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Messias é a principal pedra da esquina”
Efésios 2. 20


Então o nome do seu pai esta no seu povo.
Agora veremos os nomes na linguagem de hoje e como era no original.
Percebemos que o nome do eterno esta no seu povo e na sua cidade.

Irmãos se observarmos a maioria do povo do eterno terminava ou começava pelo nome de YAH, que significa “EU SOU”, mas e o nome de sua cidade? Hoje citam essa cidade pelo nome de Jerusalém, seria na verdade esse o seu nome? Vamos ler em Juizes 6. 32 o que esta escrito:“Pelo que naquele dia lhe chamaram jerubaal, dizendo: BALL contenda contra ele, pois derribou seu altar”

chamam a Gideão que no original é Gad´am de Jerubaal, que significa: Baal contenda

Ora irmãos se nesse nome Baal é o ídolo fica claro onde esta a contenda! Exatamente no nome “JERU”, como pode o nome da cidade santa ter em seu nome CONTENDA, veremos como é traduzido o nome Jerusalém. Sabemos pela escritura que “JERU” significa contenda, mas e o nome salém o que significa? Se observarmos na passagem de Genesis 14. 18 esta escrito:

“ E Melquizedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era esse sacerdote do altíssimo”

vemos que Melquesedeque veio da cidade de SALÉM, se observarmos esse nome esta faltando algumas letras e outras estão trocadas, pois Salem vem do termo Shalom muito conhecido e Shalom significa PAZ,


Essa ainda não é a forma perfeita dessa palavra o que veremos mais a seguir:

tendo em vista essas provas traduzimos Jerusalém como contenda da paz, como pode ser isso irmãos?

Você nunca encontrara o nome do criador nessa cidade! Onde há paz não pode haver contenda.

Se não existe J no aramaico ou no hebraico como pode o nome da cidade santa que é chamada pelo nome do eterno ter J e contenda? Jamais ! O nome hoje utilizado (jeru) e usado para insultar Gideão (Gad´am) é no original IERU que tem o mesmo significado de contenda. Um habitante de Jerusalém hoje é chamado de Ierosolemita ou Ierosolemitano como pode um cidadão espiritual habitar na mesma cidade que soa erro e significa contenda? O nome original da cidade sempre foi e sempre será:


Esse sim é o nome da cidade santa. Veja o nome do eterno dado para moshe esta presente: YAHU o significado do nome da cidade é: O YAHU é a fonte da PAZ. Observem irmãos o nome SHALLAYM se trocarmos o “A” e o “Y” por um “O” aparece claramente a palavra SHALOM, mas dentro do nome da cidade santa o nome SHALLA significa PAZ o que dá a entender que SHALLA deu origem a palavra SHALLOM, Pois nada mais é do que a corruptela da palavra SHALLAYM que significa FONTE DA PAZ.
Vemos que o nome shallaym originou o nome shallom que deu origem a palavra salem.
Notamos a origem desse nome claramente em Genesis 10. 24 onde esta escrito:
“E Arfaxade gerou a sala”
O nome Sala que na verdade é Shalla é a origem do termo SHALLAYM que depois passou a fazer parte do nome YAHUSHALLAYM. Um nome mais aproximado desse esta em: Neemias 11. 8
“E depois dele Gabai, Salai, ...novecentos e vinte e oito”


Salai que no original é Shallay que significa minha paz, para termos o nome fonte da paz basta adicionar o “M” no final da palavra.
Vemos que em apocalipse 21. 19 os fundamentos da cidade são 12 pedras preciosas.
“Os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda espécie de pedras preciosas. O primeiro fundamento era de jaspe (irmãos na bíblia atual é jaspe, mas no original era yahshafé); o segundo, de safira; o terceiro, de calcedônia; o quarto, de esmeralda;
o quinto, de sardônica; o sexto, de sárdio; o sétimo, de crisólito; o oitavo, de berilo; o nono, de topázio; o décimo, de crisópraso; o undécimo, de (jacinto ) no hebraico leshem; o duodécimo, de ametista”
Cada uma dessas pedras preciosas representa uma letra do nome da cidade santa. E ai esta meus irmãos o povo e a cidade com o nome DO CRIADOR.

 YAHUH corresponde a “Eu Sou” nome do pai.

JESUS é o nome do filho?

Quando estudamos português vemos que cada palavra tem uma origem essa ciência se chama etimologia os nomes podem ser separados e classificados pela sua origem e significado o nome Jesus é grego, mas quanto a seu significado?

Como não tem “J” no grego seu nome na verdade era IESUS vejamos no anagrama


IE é uma corrupção da palavra EL que em hebraico significa Deus e a palavra SUS no Hebraico significa CAVALO e em latim significa PORCO, ou seja, JESUS significa DEUS PORCO ou DEUS CAVALO.
IO era o nome de uma mulher seduzida por Zeus e transformada em vaca fugiu pro Egito onde antropomorfizou Hator voltando a ter forma humana, mas não deixando as orelhas de vaca onde virou Isis conhecida também como Maria mãe de Deus, rainha do céu (Jeremias 44.18), em algumas culturas essa figura mitológica é conhecida como próprio DEUS*. Além disso, existe um Deus gaulês chamado ESUS que é identifico na figura de Jesus todas essas referencias estão nos links.




Como pode o nome do eterno salvador ter relação como porco/cavalo, pois o cavalo não passa de uma besta sem entendimento.
“Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que, com astúcia, enganam fraudulentamente”
Efésios 4. 14

“Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que, com astúcia, enganam fraudulentamente”
Efésios 4. 14
Não digam em seus corações: Eia, sus, alma nossa! Não digam: Nós o havemos devorado”
Salmo 35. 25
Não se enganem existem traduções que não consta o nome “SUS”, mas procurando em outras traduções você verá claramente o nome “SUS”.



5 - Alcançando a Perfeição do Nome

O nome de seu pai é YAH. Você amado leitor já invocou o nome sagrado de seu pai varias vezes, pois Halleluyah significa:
HALLELU = LOUVAI e YAH = EU SOU ,ou seja, Halelluyah significa louvai a YAH
O nome do Pai aparece mais de 7.000 vezes na Bíblia, no entanto, mudaram seu nome do original aramaico e colocaram o título “Senhor”
“Como, pois, dizeis: Nós somos sábios, e a lei do Criador está conosco? eis que em vão tem trabalhado a falsa pena dos escribas” Jeremias 8. 8
BAAL (Deus fenício) em hebraica significa SENHOR como pode o salvador receber um titulo que foi dado a um deus pagão? (1reis 18. 21; Jeremias 23. 26, 27). 
Atraves das eras esse titulo vem sendo colocado como o nome mais SENHOR não é nome é só um titulo. Nos tempos de hoje Quem mudou a biblia e porque?




vemos nesta pagina uma versão que chega mais próxima do nome verdadeiro do eterno, no entanto o papa se ARREPENDEU de ter colocado o nome inefável e colocou o nome Dominus que em latim é SENHOR. Uma curiosidade interessante é que o nome domingo vem de Dominus, ou seja, mais um dia instituído pela católica em homenagem a um DEUS pagão



Aqui na pagina 30 vemos explicitamente que o Vaticano não quer que o povo invoque o nome do salvador.



Quando o verbo se fez carne se tornou “SHUAH” que em aramaico significa salvação como o mensageiro disse a Maria em Mateus 1. 21, ou seja, o nome verdadeiro do salvador é:

YAHUHSHUAH MASHYAH que significa:
YAHU=EU SOU; SHUAH= SALVAÇÃO e

MASHYAH significa ungido. O mestre disse: - Vos adorais o que não sabeis, nos adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus João 4. 22. Porque o mestre disse? : Vos adorais o que não sabeis? Em atos 26 versículo 14 e 15 a voz fala em HEBRAICO: - Eu sou JESUS. Como pode ter falado “JESUS” se no hebraico não existe a letra “J” ? JESUS é um nome grego como o mestre que é judeu (YAHUDIM) ter um nome grego? Paulo chamou BAR JESUS o encantador de filho do diabo (atos 13. 6, 10, 11) em aramaico Bar significa filho, ou seja, Bar Jesus significa filho de Jesus.
Paulo jamais atingiria o nome do filho do eterno (Atos 9. 15, 16). Segundo a Sociedade Bíblica do Brasil em um de seus livretos intitulados “Natureza e Propósito da Bíblia na Linguagem de Hoje” pagina 9 afirma que o primeiro nome do latrocida Barabas é Jesus. Portanto a pergunta que Pilatos fez ao povo que sacrificou nosso mestre foi: Qual quereis que vos solte JESUS Chamado Barabas ou YAHUHSHUAH chamado MASHYAH? (Mateus 27. 17Mateus 10. 32, 33; Não cuideis que eu vos hei de acusar para o meu pai. Há um que vos acusa Moises em quem vos esperais. Se não crêem nos seus escritos como crereis nas minhas palavras?
(João 5. 45 a 47; Apocalipse 7. 4; apocalipse 14. 1; apocalipse 15. 3; Malaquias 2. 2; Malaquias 4. 1- 6).

“E o espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” apocalipse 22. 16, 17

Irmãos amados esse é o nome do pai, mas e o nome de seu filho como seria?
R: vejamos irmãos como o povo de YAH tem citado como seria o nome verdadeiro: YERROSHUA, YEHSHUA, YEHOSHUA, YAHOSHUA, YAHUSHUAH… observaremos irmãs através da palavra se 
existe erros nesses nomes, pois assim como o filho e o pai são um só seu nome também é apenas um.
Podemos ver que de todos esses nomes tem um que se repete em todos, qual seria esse? Ora irmãos o nome “SHUAH”, pois este nome significa salvação e é o que o enviado do altíssimo falou a Maria (Matatyahu = Mateus 1. 21)
“E darás a luz e chamaras seu nome “SHUAH” porque ele salvara o seu povo de seus pecados.”
É claro que esse nome não esta completo, mas com certeza é parte fundamental do nome do eterno.
Vamos abordar primeiramente o nome YERROSHUA. Irmãos a partícula yerro corresponde a YHWH onde o H tem som de “R” a primeira falha é colocar dois erres vemos claramente o nome YHWH só tem um “H” então o nome seria Yero.
Irmãos como vimos no nome dado para insultar gidão (Gad´am) era “IERU” e SIGNIFICA CONTENDA, se sobrepormos esses nomes vemos que eles são praticamente idênticos
como pode o salvador ter esse ser “IERROSHUA”? se foi o mesmo nome usado para ofender Gad´am NA VERDADE o H que vem depois do yod no nome do YHWH não tem som de “ERRE”, e sim é mudo. Já existe um “R” no idioma Hebraico, porque então o H desempenharia essa função, visto que, alegam esse ser um idioma primitivo não haveria a necessidade de colocar duas letras para exercer um mesmo papel, outro fato relevante é que os judeus são um povo imigrante e na volta para casa trouxeram costumes de onde moravam, nos Estados Unidos, por exemplo, o ”H” tem som de “R” como na palavra “HONDA”.
Observemos o nome de Urias, como modelo, no original é URYAH não se fala URIAR e sim URYAH, o mesmo acontece com outros nomes terminados em “H” como: ABYAH, MALAKYAH, MATATYAH, NATANAYAH. Pode então os profetas com um nome e o mestre com outro? Isso não seria lógico.
O que é perfeito jamais teria em si o nome de erro e nem o daria a seus profetas.

Jeová é o nome de seu pai?


A própria literatura escolar resolve essa questão vejamos como esse nome esta relacionado a cultura helenista no livro Tropico editora Martins editora S. A. Na pagina 1461 vemos a escultura de JEOVÁ e na pagina 1462. Vemos JEOVÁ com seu nome grego “ZEUS”









domingo, 10 de maio de 2009

5.1 – A lingua Original "Hebraico ou aramaico"

Vejamos o segundo nome usado por alguns: Seria o nome YEHOSHUA o verdadeiro?


R: o nome YEHSHUA OU YEHOSHUA vem do hebraico, mas no passado existiam dois idiomas citados na palavra, o aramaico e o hebraico, da onde partiu cada um deles e qual seria a pronuncia do nome em cada um deles?
R. Antes da torre de Babel todos tinham o mesmo idioma. Vejamos em Genesis 11. 1-6.
“E era toda terra de uma mesma língua e duma mesma fala. E aconteceu que partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali. E chegaram uns aos outros: Vinde, façamos tijolos, e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra e o betume por cal. E disseram: Vinde, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda terra. Então desceu o YAHU para ver a cidade e a torre que os filhos do homens edificaram; E disse: eis que o povo é um, e todos tem uma mesma língua; e isto é que começam a fazer; e agora não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Vinde, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda ali um a língua do outro. Assim o YAH espalhou dali sobre a face de toda terra; e cessaram de edificar a cidade. Por isso se chamou seu nome BABEL, porquanto confundiu o YAH a língua de toda terra”.
Mas onde o povo do criador habitava quando houve a confusão das línguas?
O povo do criador vivia em Aram.
Devemos explicar porque não usamos o til no nome Arão, não usamos til porque na linguagem semita (hebraica/aramaica) não existe til e a nasalização do til é feita através do “M” no final do “A” por isso usamos a palavra no seu original, ou seja, “ARAM”.

ARAM era o lugar onde habitava Labão a partir da divisão das línguas os habitantes dessa cidade passaram a falar o Aramaico onde se confirma em Genesis 31. 47 onde esta escrito:
“E chamou-lhe Labão Jegar-saaduta: porem YAHCOB chamou: galeede”.
Cujo original é: Labão: E chamou-lhe Labão yahsha shauata
porem YAHCOB chamou:gal´allad

A escritura fala que labão falou aramaico e yahcob hebraico, mas se ambos se comunicavam normalmente é obvio que existia um idioma comum entre eles e como temos estudado é o aramaico a não ser que yahcob fosse bilíngüe e isso não é apresentado em nenhuma parte das escrituras logo não tem fundamento bíblico. Sendo palavras diferentes como : Jegar-saaduta e galeede, logo entendemos que são expressões diferentes e qual seria seu significado no original? Observemos:

Labão usa uma expressão em aramaico, yahsha shauata a lugar do pedido reto, ou seja, (sincero) Porque ele pediu perdão a yahcob.

Yahcob usa a expressão; gal´allad a de volta a porta do altar.

Exatamente porque diante do altar os abarym conhecidos por hebreus pediam perdão por seus pecados no dia 10 do sétimo mês. Assim como em Numero 29. 7 esta escrito:

“Também no dia dez deste sétimo mês tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; nenhum trabalho fareis”

E ali seu genro acabara lhe pedir perdão e é por isso que fizeram um montão representando um altar.

Ora Ab´aram conhecido por Abraão saiu de Ur dos caldeus para Aram onde se falava aramaico. Onde comprovamos em Genesis 12. 31 onde a palavra diz:

“E tomou Tera a Abraão (ab´aram) e a ló filho de aram, filho de seu filho, e Sarai sua nora, mulher de seu filho Abraão (Ab´aram), e saiu com eles de Ur dos Caldeus, para ir a terra de Canaam; e vieram ate Haram”

Labão era irmão de Rebeca que se tornou esposa de ISAQUE (yahshakym) filho de Abrão (Ab´aram), vemos que quando Abrão (Ab´aram) mandou seu servo para ARAM, chegando lá ele não teve dificuldade de falar com REBECA como vemos em Genesis 24. 15-17

“Então o servo correu-lhe ao encontro e disse: ora deixa-me beber um pouco d’água do teu cântaro. E ela disse: Bebe meu amo”.

Comprovando que falavam o mesmo idioma, LABÃO era pai de Raquel que foi esposa de YAHCOB (JACO) quando ele fugiu de seu irmão ESAU por ter-lhe roubado a primogenitude foi enviado por seu pai ISAQUE (yahshakym) para ARAM e chegando lá falou naturalmente com os habitantes de lá mostrando que falavam a mesma língua, (Genesis 29. 4)

“E disse Yahcob (Jacó): meus irmãos de onde sois? E disseram: somos de HARAM”.

Ou seja, os patriarcas “Abrão (Ab´Aram), Ysaque (yahshakym) e Yahcób” falavam aramaico.

Porque o Yah quando falava com Moshe que se dizia pesado de língua disse que Aram falaria muito bem ao seu povo? Como a palavra diz em êxodo. 4,10-16
“10 Então disse Moshe ao YAHU: Ah, YAHU! eu não sou eloqüente, nem o fui dantes, nem ainda depois que falaste ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua.
11 Ao que lhe replicou o YAHU: Quem faz a boca do homem? ou quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego?. Não sou eu, o YAHU?
12 Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar.
13 Ele, porém, respondeu: Ah, YAHU! envia, peço-te, por mão daquele a quem tu hás de enviar.
14 Então se acendeu contra Moshe a ira do YAHU, e disse ele: Não é Aram, o levita, teu irmão? Eu sei que ele pode falar bem. Eis que ele também te sai ao encontro, e vendo-te, se alegrará em seu coração.
15 Tu, pois, lhe falarás, e porás as palavras na sua boca; e eu serei com a tua boca e com a dele, e vos ensinarei o que haveis de fazer.
16 E ele falará por ti ao povo; assim ele te será por boca, e tu lhe serás por Allaym”

R.  Aram apontava para cidade que a principio saiu o povo de seu nome e Aram significa “exaltado”, pois o aramaico foi à língua que o povo Abarym (Hebreu) falava.

O nomes YEHSHUA e YEHOSHUA são hebraicos, língua moderna se notarmos no “NOVO DICIONÁRIO DA BIBLIA JOHN DAVIS AMPLIADO E ATUALIZADO” no verbete Semiticas veremos que nas línguas primitivas não existem a incidência das vogais “E e O”, ou seja só existiam as vogais “A I U” que não por coincidência formas as perfeitas palavras iau = YAHU.
O nome YAHOSHUA como já citado tem o vogal “O” que não esta não existe na língua primitiva “aramaica”.

Porem irmãos existe na palavra um equívoco, pois em certas versões da bíblia fala-se que o assírio é o mesmo aramaico quando na verdade não é
Vejamos:
Em algumas versões da bíblia no livro de II reis 18. 26
Lemos:
“26 Então disseram Eliaquim, filho de Hilquias, e Sebna, e Joá, a Rabsaqué: Rogamos-te que fales aos teus servos em aramaico, porque bem o entendemos; e não nos fales na língua judaica, aos ouvidos do povo que está em cima do muro”

O povo sírio falava deveria ter um dialeto semelhante ao semita e não aramaico e o povo yahudym falava e entendia o aramaico muito bem, naquela época todas as tribos estavam reunidas então porque adotariam o dialeto de Judá? Não existe idioma judaico, mas sim o aramaico e o hebraico. E se o povo falava aramaico depois da torre de babel e falava aramaico quando Mashyah veio, não é lógico entender que no meio do caminho se perderia o idioma aramaico para depois voltar a adquiri-lo no tempo de Mashyah. hoje a síria fala árabe e só existe uma pequena vila que conserva o aramaico mais próximo do das épocas antigas

Queridos irmãos se o nosso salvador falava aramaico é de se entender que seus discípulos também falavam e seus escritos também deveriam ser nessa mesma língua como você viu nesse documentário dos primeiros pergaminhos achados no mar morto. no vídeo abaixo fala-se que eles foram escritos em três línguas: aramaico, hebraico antigo e grego, se o aramaico é a língua original o que vem a ser o hebraico antigo? no temo que os judeus estavam saindo da babilônia eles tiveram que se livrar de suas mulheres e de seus filhos que falavam meio asdodita (um dialeto babilônico) mas, muitas dessas criança e mulheres vieram e contaminaram a pureza da língua com deuses babilônicos (neemyah 13.23-30), assim sendo quando o mestre veio a ter com os judeus seu idioma já estava contaminado e isso se tornou o chamado "Hebraico antigo". o grego é um dialeto que esta traduzido visto que alguns dos discípulos foram pregar na Grécia então havia a necessidade de traduzir os textos bíblico para essa língua.
existe um testo na wikipédia que evidencia essa verdade: http://pt.wikipedia.org/wiki/Manuscritos_do_Mar_Morto
"O rolo mencionado por Barrera trata-se de uma peça com 7 metros de comprimento, em aramaico, contendo o inteiro livro de Isaías. Diferentemente deste rolo, a maioria deles é constituída apenas por fragmentos, com menos de um décimo de qualquer dos livros".
Ou seja, a maioria do texto dos pergaminhos esta em fragmentos, todavia, um dos únicos livros intactos desses pergaminhos e exclusivamente em aramaico, estamos falando aqui nada menos de Yahshayahu (Ísaias) um dos maiores profetas do antigo testamento.



5.2 – A influencia babilônica na língua nos tempos de mashyah

Se todas as escrituras eram escritas e faladas por pessoas que falavam o aramaico surge então a pergunta!!!
De onde então veio o hebraico?
R: já na época do mestre o idioma falado pelos judeus (YAHUDYMS) não era puro, sabemos disso, através dos nomes dos meses que são babilônicos e foram adquiridos no exílio (bul de belzebul – tamuz deus sol etc…)
até hoje podemos observar uma gama DEUSES dentro calendário gregoriano, tais como februs "fevereiro", Marte "março", Aprilis "Abril" e janos "janeiro" deus de duas faces entre outros: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/qual-e-a-origem-dos-nomes-dos-meses



Ele falará contra o Altíssimo, oprimirá os seus santos e tentará mudar os tempos e as leis. Os santos serão entregues nas mãos dele por um tempo, tempos e meio tempo
Daniel 7:25
 Esse versículo é citado tradicionalmente assim o que dificulta um pouco seu discernimento. vejamos numa versão de biblia catolica esta escrito: E procurará mudar o calendário e a lei.




Orá meus irmão como mudar o calendário? no texto da wikipédia: Gregório XIII, nascido Ugo Buoncompagni (Bolonha, 7 de Janeiro 1502Roma, 10 de Abril 1585), foi Papa de 13 de maio de 1572 até à data da sua morte. Destaca-se por ter sido o responsável pela introdução do calendário actual (calendário gregoriano) aos 24 de Fevereiro de 1582, reformando o antigo calendário juliano.

Porque ele mudou o calendário? Em homenagem ao deus sol, texto da wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Domingo 

História


Paganismo


Por ser Roma uma cidade cosmopolita e sede de um vasto império, afluíram a ela povos de diversas culturas, que incluíam na bagagem cultural inúmeras crenças, as quais eram recebidas e reconhecidas pelos romanos. Entre elas, teria-se associado às crenças dos latinos, sabinos e etruscos a reverência ao primeiro dia da semana.


Em outras línguas e países, ainda permanecem expressões oriundas de cultos pagãos e deuses mitológicos antigos, como aqueles oriundos dos babilônicos, com base no fato do 1º dia a semana ser dedicado ao deus Shamash, o Sol (o senhor do culto solar) segundo as crenças daquele povo, bem como dos assírios e egípcias, que reverenciavam como deus maior o sol, o deus , conforme foi também comentado por Gerald Messadié, em História Geral do Antisemitismo[carece de fontes]. Sem contar os tantos outros povos adoradores do Sol, como as civilizações anteriores a Cristóvão Colombo das Américas. [carece de fontes]
Cristianismo


Em 7 de março de 321, Constantino Primeiro, o Grande, decreta que o domingo seria observado como dia repouso civil obrigatório:


"Que no venerável dia do sol os magistrados e as pessoas residentes nas cidades descansem, e que todas as oficinas, estejam fechadas, No campo ainda assim que as pessoas ocupadas na agricultura possam livremente continuar seus afazeres pois pode acontecer que qualquer outro dia não seja apto para a plantação de vinhas ou de sementes..."4


Em 325 d.C. as orientações decididas no Primeiro Concílio de Niceia, estabelecem universalmente o primeiro dia da semana como dia sagrado, o nome do primeiro dia da semana foi modificado de Prima Feria para Dies Domenica. Decisão mantida pela maioria das denominações cristãs até a atualidade.


A designação teve repercussões geográficas quase dez séculos mais tarde: Cristóvão Colombo, ao chegar pela primeira vez aoCaribe, a 3 de novembro de 1493, mais precisamente à ilha hoje compartilhada pelo Haiti e pela República Dominicana, chamou-aDominica, por ser um dia de domingo, segundo o calendário juliano então em vigor.





mas se o tempo é o calendário o que seria a lei?







a lei como escrito é o tempo das festas religiosas, mas por que? Mashyah disse da ceia fazei isso em memoria de mim, ou seja, na data que ele morreu e aquele que não comer o pão e não beber do vinho não tem parte comigo, então meus irmão é muito simples mudando o calendário muda o tempo das festas, mudando o tempo das festas não tera parte com o mestre esse é o cálice de babilônia, não existe outra instituição tão poderosa que feche as portas no dia que ela bem entender em honra as seus deuses pagãos e isso já vinha antes do mashyah

Vemos no nome Abel uma clara evidencia da influencia Babilônica sobre esse dialeto, pois Abel significa “EL” É MEU PAI, e “EL” é o Deus patronomo de Babilônia junto com sua esposa “ASERÁ” descriminado no “NOVO DICIONÁRIO DA BIBLIA JOHN DAVIS AMPLIADO E ATUALIZADO pagina 141 verbete BALL” e também pode ser comprovado por livros históricos . ABEL é apenas o nome Bel acrescido de “A” E

SABEMOS QUE Bel era um dos maiores deuses babilônicos como em Isaias 46. 1 esta escrito:

“já Bel abatido esta, já Nebo se encurvou, os seus ídolos são postos sobre os animais, sobre as bestas; as cargas dos vossos fardos são canseiras para as bestas já cansadas”.

Outros nomes pagões vieram e se juntaram ao idioma tornando-o impuro. veja da onde veio tal confusão.



Veremos agora algumas imagens dos deuses citados até agora.

Bel também chamado de Baal


Torre de Babel



Vemos que o próprio nome Israel tem conotação idolatra, vejamos no diagrama:








Is vêm de Isis deusa do Egito; Rá outro Deus que veremos a seguir; e El o deus pai que na figura mitológica tem seu nome como significado de Deus, ou seja, a tradução desse nome é Isis e Rá são Deuses.

Ísis


Ísis era uma deusa da mitologia egípcia. Segundo a lenda, Ísis ajudou a procurar o corpo de Osíris, que tinha sido despedaçado por seu irmão, Seth. Ísis, a deusa do amor e da mágica, tornou-se a deusa-mãe do Egito.


ou é a principal divindade da mitologia egipcía, é um deus com cabeça de falcão conhecido como o deus do sol, pela importância da luz na produção dos alimentos

a cruz que ambos os deuses seguram é um simbolo pagão.
AnkhTambém conhecida como cruz ansata, era na escrita hieroglífica egípcia o símbolo da vida. Conhecido também como símbolo da vida eterna. Os egípcios a usavam para indicar a vida após a morte.
Algumas das imagens mais antigas de cruzes foram encontradas nas estepes da Ásia Central e algumas em Altai. A cruz na velha religião altaica chamada Tengriismo simboliza o deus Tengri; ela não era uma cruz alongada, lembrava mais um sinal de adição (+).
Os primeiros livros cristãos da Armênia e da Síria traziam evidências de que a cruz se originou com povos nômades do leste, possivelmente uma referência aos primeiros povos turcos. Em velhos templos armênios, algumas influências de estilo turco são encontradas nas cruzes.
A palavra grega traduzida por cruz na tradução Bíblica das Testemunhas de Jeová, a Tradução do novo mundo das escrituras sagradas é "estaca de tortura" (extraído de σταυρός "stau-rós"). No grego "estaca reta", "poste" ou "madeiro". Também a Bíblia Judaica Completa do teólogo judeu David H. Stern usa o termo estaca e estaca de Execução toda vez em que aparece a palavra grega σταυρός(staurós)(como exemplo se pode ler na Bíblia Completa Judaica a palavra estaca em Mattiyahu[Mateus]27:40,e estaca de execução em Mattiyahu[Mateus] 10:38)